+55 11 2157-8329 | +55 11 2157-8124

News

Você já ouviu falar no termo “text neck” ou “pescoço de texto”?

Esse termo esta sendo utilizado para descrever as alterações e dores no pescoço (região cervical), devido à utilização excessiva do seu celular, tablet ou outros dispositivos wireless (Figura 1). Recente estudo demonstrou que 79% da população com idade entre 18…


Esse termo esta sendo utilizado para descrever as alterações e dores no pescoço (região cervical), devido à utilização excessiva do seu celular, tablet ou outros dispositivos wireless (Figura 1). Recente estudo demonstrou que 79% da população com idade entre 18 e 44 anos utilizam os seus smartphones durante a maior parte do dia. O estudo mostra que as pessoas passam apenas 2 horas sem o seu smartphone na mão, considerando o período que estão acordadas.

Fonte: www.gossipraja.com
Figura 1. Dor no pescoço devido ao uso errado e excessivo do dispositivo eletrônico.

Estudos demonstraram que quanto maior for à flexão do pescoço, maior será a sobrecarga mecânica nessa região do corpo (figura 2). Essa situação pode favorecer ao aparecimento de lesões graves na região cervical, como hérnia de disco e artrose.

Fonte: www.torrancememorial.org
Figura 2. Demonstra que a inclinação/flexão do pescoço esta relacionado com o aumento da sobrecarga nessa região.

Quais são os sintomas associados com o “text neck”?

  • As dores agudas (pontada) e dores crônicas na região do pescoço e na região dos ombros são as mais comuns;
  • Espasmos musculares (musculatura dura) nessa região também são sinais de sobrecarga;
  • Outros sintomas, como irradiação para o braço e até mesmo para a região da mão podem aparecer.

Como é realizado o tratamento para o “text neck”?

  • Em casos de crise aguda, com dor intensa, os recursos fisioterapêuticos, como calor, ultra-som, TENS, terapia manual (massagem), alongamentos, entre outros, são os principais tratamentos para o controle do quadro de dor e relaxamento muscular (Figura 3).
  • Posteriormente, um trabalho de reequilíbrio postural, ganho de força e flexibilidade muscular da região são fundamentais para evitar as crises.
  • Finalmente, é necessário pensar em outras medidas preventivas, como ajustes ergonômicos e posturais. Manter o seu smartphone, laptop ou tablet ao nível dos olhos é uma boa dica (Figura 4)! Fazer pausas frequentes durante o dia, ou seja, evitar usar os dispositivos móveis por longo período de tempo sem descanso, pode evitar fadiga muscular.

Fonte: www.gossipraja.com
Figura 3. Terapia manual para liberação muscular.

Fonte: www.dynamicstrength.com
Figura 4. Orientação postural e ergonômica.

Assista o vídeo abaixo que demonstra os movimentos da coluna cervical e os possíveis problemas que podem ocorrer:


<- Voltar