+55 11 2157-8329 | +55 11 2157-8124

News

Como tratar a Lombociatalgia com Fisioterapia?


Autor:

Publicada em : 24/08/2018

A lombociatalgia, também chamada de lombalgia, é a conhecida dor lombar que muitas pessoas sentem ao fazer atividades de esforço. Embora a dor seja bastante incômoda, os portadores de lombalgia podem encontrar o tratamento adequado nas clínicas de fisioterapia em São Paulo e em outras grandes cidades e capitais brasileiras. De acordo com alguns estudos, cerca de 70% a 80% dos adultos manifestam a lombalgia pelo menos uma vez ao longa da vida. Neste artigo, vamos explicar como a dor crônica pode ser corrigida com exercícios simples de fisioterapia.

O que é a lombociatalgia?

A dor é um sintoma clínico, sendo caracterizada pela sensação de rigidez e tensão muscular nas costas, na região bem acima dos glúteos. Esse sintoma pode ser um indicativo de um problema maior acometendo nervos e músculos, incluindo hérnias de disco. Nesse caso, o ideal é que os pacientes procurem uma clínica especializada para uma avaliação médica mais aprofundada. Com o diagnóstico correto, o tratamento recomendado será bem mais eficaz.

A lombalgia tem tratamento?

Pacientes que sofrem de dor lombar são encaminhados para fisioterapia, geralmente por períodos de quatro semanas ou mais. Como uma opção inicial de tratamento  não-invasivo (sem cirurgia), o fisioterapeuta pode submeter o paciente a tratamentos que utilizem a reeducação postural como um recurso para amenizar a dor e até mesmo fazê-la sumir por completo. A reeducação abrange exercícios específicos, que têm o objetivo de reduzir a dor nas costas, aumentar a resistência muscular e evitar que o paciente continue fazendo movimentos inadequados.

Quais as formas mais comuns de fisioterapia?

Entre os tipos de fisioterapia que podem ser aplicados nos casos de lombociatalgia estão:

  • Fisioterapia passiva: esta especialidade não exige que o paciente faça os movimentos; nessa situação, o fisioterapeuta recomenda terapias de aplicação de calor, compressas de gelo e estimulação elétrica.
  • Fisioterapia ativa:  se concentra em exercícios específicos e alongamentos. Para a maioria dos tratamentos de dor lombar, o exercício ativo é o foco do programa de fisioterapia. Tais atividades melhoram a postura do paciente, fortalecendo os músculos que estabilizam a coluna vertebral e a pelve.

Cabe destacar que esse tipo de dor é tão relatada por pacientes quanto a cefaleia (dor de cabeça). Se você sente dores nas costas com frequência, procure uma equipe de fisioterapeutas especializados! A Physio Institute oferece os melhores tratamentos e programas de reabilitação, seguindo minuciosas avaliações físicas e clínicas dos pacientes. Nossos especialistas em fisioterapia ortopédica e RPG são altamente capacitados para diagnosticar e tratar alterações posturais, como hipercifose, hiperlordose e tratamento de escoliose, bem como para o realinhamento postural do corpo, incluindo ombro, cabeça e quadril.

Deseja mais sobre nossos serviços? Entre em contato e confira os diferenciais da Physio Institute.


<- Voltar