+55 11 2157-8329 | +55 11 2157-8124

News

Compressão do Nervo Ciático


Autor: Daniel Padilha - Coordenador Clínico / CREFITO: 3/235810-F

Publicada em : 29/01/2019

O nervo ciático é um feixe nervoso que tem a sua origem na coluna vertebral, em sua porção mais terminal. Ao sair da coluna, ele percorre por toda a região dos glúteos, posterior de coxa (isquiotibiais), joelhos (onde sofre bifurcação) até chegar nos pés.

Há algumas situações onde pode ocorrer a compressão deste nervo, causando irritação e/ou inflamação desta estrutura, dando origem a alguns sinais e sintomas.

As causas que levam a isto podem ser muito diversas, fazendo com que a sintomatologia também seja bem variada. Sendo assim, o tratamento mais adequado também irá variar bastante.

Embora seja uma patologia cujo entendimento e tratamento possa ser um pouco mais complicado, a sua incidência assusta um pouco. A compressão do nervo ciático é uma das patologias mais comuns que acometem a articulação do quadril.

Quais são as causas mais comuns?

Embora a dor causada pela compressão do nervo ciático possa acometer diferentes articulações, como a coluna vertebral, o joelho e o tornozelo, a articulação do quadril é normalmente a mais atingida.

Além disto, ela é a responsável por atingir e causar grande repercussão na vida da maioria das pessoas. Sendo assim, esta patologia desperta grande interesse para a comunidade médica e pesquisadores da área da saúde.

Como já foi dito anteriormente, a compressão deste nervo pode ser justificada pelos mais diversos motivos, sendo eles de origem anatômica ou não. São eles:

·         Passagem do nervo ciático pelo músculo piriforme

·         Trauma direto ou indireto

·         Execução de algumas práticas esportivas

·         Obesidade

As principais populações atingidas

Mesmo atingindo uma pequena parte da população, cerca de 10%, a localização anatômica do nervo ciático pode ser um importante fator para desencadeamento desta condição.

Isto porque, pelo fato deste nervo passar no meio do piriforme, que é um músculo que compõe a articulação do quadril, quando o mesmo sofre um espasmo, por exemplo, há a compressão deste nervo.

Além disto, pessoas que sofrem algum trauma direto ou indireto no quadril, como uma queda, por exemplo, podem desencadear este tipo de dor neuropática devido à lesão do nervo.

Outras coisas mais simples, como ficar sentado por um longo período de tempo, também é capaz de causar uma compressão importante no nervo, gerando toda a sintomatologia da doença.

Há também algumas situações em que praticantes de alguns tipos de atividades físicas podem vir a ter o nervo ciático comprimido. A incidência é maior principalmente quando se trata de atividades que tenham algum tipo de impacto, como a corrida e o salto.

Pessoas acima do peso também podem vir a apresentar sintomas de compressão nervosa do ciático, uma vez que a sobrecarga na coluna pode gerar dor irradiada para outras articulações, inclusive o quadril.

Sinais e sintomas apresentados

A dor causada pela compressão do nervo ciático pode causar diversos tipos de sintomas. Esta variação ocorre devido às condições anatômicas e ambientais sobre as quais cada paciente vive.

As atividades exercidas pelo mesmo e o seu estilo de vida também são responsáveis por causar sintomas mais ou menos intensos. Sendo assim, os sinais e sintomas mais comuns causados pela compressão do nervo ciático são:

·         Dor local e irradiada

·         Sensação de formigamento, dormência e/ou queimação no local

·         Perda de sensibilidade no local

·         Dificuldade em realizar alguns movimentos

·         Função da articulação alterada ou reduzida

·         Dificuldade em permanecer em uma posição por um determinado período (sentado ou em pé)

Os sintomas referidos pelo paciente podem incluir alguns ou até mesmo o conjunto de todos estes sintomas.

Tratamento

O tratamento para a compressão do nervo ciático envolve terapia medicamentosa, além de tratamento conservador através da fisioterapia.

Tratamento medicamentoso

Os remédios podem ser grandes aliados no tratamento da dor originada pela compressão do ciático, uma vez que eles podem reduzir a dor através dos analgésicos e ainda tratar o processo inflamatório instaurado. Porém, só eles não são suficientes para resolver permanentemente o problema.

Tratamento fisioterapêutico

A fisioterapia é capaz de oferecer ao paciente um tratamento eficaz e individualizado, trazendo alívio e qualidade de vida para este paciente.

Através de protocolos de analgesia, além de exercícios de alongamento e fortalecimento, a fisioterapia é capaz de trazer para os pacientes um alívio a longo prazo.

Dentro da terapia podem ser feitos desde a fisioterapia convencional, dentro da ortopedia ou da hidroterapia, por exemplo, até aulas de pilates buscando sempre o reequilíbrio da articulação e do corpo como um todo.

Fonte: https://www.itcvertebral.com.br/doencas-da-coluna/dor-ciatica

 


<- Voltar